quarta-feira, dezembro 08, 2010

EU AMO VOCÊ

Bom, decidir que irei dedicar a minha postagem de hoje, a um ser que torna minha vida muito mais alegre, e quase nunca recebe gratificação por isso !

São 9:06 da manhã, e já estou acordada posso dizer, quase 5 horas. Porém, fui dormir já era madrugada. Mas algo me fez despertar tão cedo. Os altos latidos do meu cachorro. Fiquei assustada e com um pouco de medo, pois ele latia sem parar, foi um amado sapo que tinha parecido no meu quintal, e meu cachorro tratou de extermina-lo. Quanto mais eu me desgoelava em gritos, na espera dele me obedecer, ele mordia o sapo com toda a força. Foi então que consegui destrai-lo, e o sapo foi em bora. Vinte minutos depois, ele cambaleia e cai, levanta apenas para 'cuspir' uma espuma branca. Estava desesperada, já havia acordado a casa toda. Eram 7 horas da manhã e ninguém sabia o que fazer. Decidimos levar ele ao veterinário, entramos no carro e ele foi no meu colo. Parecia pedir socorro, ele sabia que iria morrer, e olhava para mim, com a cabeça deitada no meu colo, aquilo era o fim pra mim. Minhas lágrimas caiam sobre sua cabeça, e ele não reagia, apenas me olhava com o olhar mais triste que eu já vim em toda minha vida. Demorava-mos a chegar, o transito estava infernal. Meu desespero só aumentava . Chegamos a clínica. Ele olha para mim, geme e desmaia. Caio em lágrimas. A veterinária demora a chegar. - Mas que bosta de veterinária é essa, porra, ele vai morrer aqui. Digo eu um tanto quanto exaltada. Ela aparece, examina-o e diz que era só uma injeção. Aplica nele, fala que irá causar, sonolência, vômito (...) e que ele irá ficar bem. Na volta para casa, ele novamente em meu colo, me olha com um olhar mas calmo, lambe minha mão e dorme. Nesse exato instante, eu tive a certeza de que amo meu cachorro, e que ele já faz parte da minha família, da minha vida!

Nenhum comentário:

Postar um comentário